O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Em: 30 de março de 2020

Coronavírus: Prefeito Angelo Guarçoni defende medidas de isolamento e diz que segue o Decreto

O Prefeito Municipal de Mimoso do Sul, Angelo Guarçoni Júnior (Giló), divulga através de pronunciamento ao vivo em seu Facebook um apelo à população mimosense para que se protejam ficando em suas casas, protejam quem ama e informa sobre o decreto municipal com as devidas medidas tomadas em relação ao COVID 19, o novo Coronavírus. Confira, na íntegra, o pronunciamento:

“EM DEFESA DA VIDA

Caros amigos e amigas mimosenses, venho gravar esse vídeo ao vivo aqui no Facebook para mostrar a nossa postura municipal em decorrência da pandemia do Coronavírus. E antes de tudo, agradecer a todos que estão fazendo a sua parte. Muito e muito obrigado a vocês que precisam estar na linha de frente e a quem para proteger o próximo está dentro de suas casas.

Vou ler aqui um texto que será disponibilizado no Site da Prefeitura Municipal de Mimoso do Sul e que também poderá servir de base para as rádios, sites, dentre outras redes de comunicação.
Venho alertar a população para que fique em casa, respeitando as recomendações da ciência, dos profissionais de saúde e da experiência internacional, mantendo-se em vigência o Decreto Municipal que vai de encontro ao Decreto Estadual e na linha dos 26 (vinte e seis) Estados Federados e do Distrito Federal e de todos os Secretários Estaduais de Saúde.

O Ministério Público Estadual notificou o prefeito de um município vizinho para que adote, imediatamente, todas as providências administrativas e judiciais cabíveis para dar cumprimento ao Decreto Estadual 4599R de 20/03/2020, sobre a manutenção da suspensão do funcionamento dos estabelecimentos comerciais que não estão na exceção, assim o prefeito acatou a notificação e revogou o decreto municipal que liberou o comércio na cidade.

A notificação também orienta a adoção de medidas para que toda a população do município, principalmente as integrantes do grupo de risco, cumpra os decretos estaduais que têm como viés a preservação de vidas, mantendo as pessoas em casa, diante da pandemia do novo coronavírus. O governo do Estado decretou estado de emergência por meio desse decreto, após a Organização Mundial da Saúde decretar a pandemia do novo coronavírus.

O Ministério Público Estadual está de acordo com o nosso Decreto e descumpri-lo é ir na contramão da Constituição Federal da República e da ciência, pois entre o achismo e evidências científicas, fico com a ciência e não posso afrontar as leis vigentes do país, sob pena de sanções na esfera cível, criminal e administrativa.

A campanha de desinformação conclamando a população a ir a rua, é uma grave ameaça à saúde de todos os brasileiros. A hora é de enfrentamento desta pandemia com lucidez, responsabilidade e solidariedade. Não deixemos que nos roube a esperança.

Organismos internacionais como a ONU, OCDE e OMS seguem a mesma recomendação.

Vou ficando por aqui e com a promessa de retornar sempre que necessário trazendo informações para todos vocês que estão tão preocupados (e com muita razão) com o que acontece em nosso mundo.

Fiquem em casa! Proteja quem você ama e se proteja!”

Últimas manchetes